Encantos de Morretes

morre1.jpg

Não bastasse o casario colonial bem-preservado, Morretes, no interior do Paraná, fascina o visitante com outra riqueza: a culinária. Há mais de três séculos, a cidade cultiva a receita do barreado, um prato açoriano feito com vários de tipos de carne bovina (normalmente paleta, maminha e patinho), temperado com cebola, alho, louro, cominho e pimenta-do-reino e preparado em um pesado caldeirão de barro. A mistura, que cozinha até desmanchar, é coberta com uma fina farinha de mandioca, formando uma espécie de pirão. E, ao servir o barreado, os garçons têm o costume de virar o prato sobre a cabeça dos clientes, sem deixar cair uma gota sequer. Uma delícia!

morre2.jpg

Para completar o passeio, nós decidimos passar a tarde às margens do Rio Nhundiaquara e fazer um piquenique. Com a rede estendida sobre a grama, preparamos um bolo de cenoura (aproveitando para comemorar o aniversário do Renato) e nos esbaldamos.

Anúncios

Um comentário sobre “Encantos de Morretes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s