Trilha na Serra dos Órgãos

 

TrilhaSinoSerradosOrgaos01042016weil0039.JPG

Para conhecer de perto o que a Serra dos Órgãos tem de mais bonito, é preciso deixar a preguiça de lado. Foi o que nós fizemos em Teresópolis, terra de um dos trekkings mais famosos do Brasil.

Em dois dias, nós caminhamos os 28 quilômetros da Trilha da Pedra do Sino e ainda estamos boquiabertos com tanta beleza. No primeiro dia, a subida é íngreme e exige preparo físico até chegar ao Abrigo Quatro, onde pernoitamos sob um frio de 7 graus em pleno início de outono. Enfrentamos alguns obstáculos extras pelo caminho, como uma forte chuva de granizo e muitos raios e trovoadas, mas nada que estragasse o passeio.

Já no segundo dia, o tempo colaborou e nós madrugamos para contemplar o belíssimo nascer do sol no alto da Pedra do Sino. Às 5h20, quando o sol começa a aparecer, um tapete de nuvens se forma nas alturas e é possível admirar o contorno de cada uma das montanhas que compõe a cadeia da Serra dos Órgãos, além da cidade de Teresópolis e a Baía de Guanabara.

Casa Nomade,Motorome.Rotas AleCasa Nomade,Motorome.Rotas AleCasa Nomade,Motorome.Rotas AleCasa Nomade,Motorome.Rotas AleCasa Nomade,Motorome.Rotas AleCasa Nomade,Motorome.Rotas Ale

Leia mais:

Teresópolis

Petrópolis

 

Anúncios

Um comentário sobre “Trilha na Serra dos Órgãos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s