Elefantes-marinhos na Península Valdés

À primeira vista, eles parecem estar mortos. Escarrapachados na praia, amontoados uns sobre os outros e imóveis… Mas à medida que o sol esquenta, os elefantes-marinhos abrem suas grandes nadadeiras e jogam uma “mãozada” de areia sobre o corpo. Pronto! Começou a farra! O vizinho se irrita com aquela bagunça, abre a imensa boca e rosna. Um macho mais valente decide mostrar seus dotes para o harém de até 50 fêmeas e responde com um urro ainda mais forte. Os filhotes famintos se arrastam pela praia até chegar ao mar para mergulhar em busca de peixes. Em pouco tempo, toda a colônia de elefantes-marinhos que habita a Caleta Valdés, na Península Valdés, está em polvorosa.

ElefantesPuertoPiramides16122016weill0065.JPG

O espetáculo acontece bem diante dos olhos dos visitantes da Patagônia. É emocionante ver os gigantes mamíferos aquáticos (os machos chegam a pesar até 5 toneladas) com essa carinha de pidão.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s