Carteiro do fim do mundo

E para sermos aceitos como cidadãos desse principado, fizemos o seguinte juramento: “A partir de agora, se compromete a viver sem direitos nem obrigações; somente disposto a viver em liberdade fazendo o que lhe dê vontade. Sem máquinas selvagens nem globalização que o condicionem, amando os espaços naturais e os valores humanos”.

Já estão curiosos para saber quem nos deu esse passaporte para a felicidade? Foi o Carteiro do Fim do Mundo, Carlos Delorenzo, uma peça rara que há mais de 20 anos comanda o Correio do Fim do Mundo, dentro do Parque Nacional Tierra del Fuego.

ParqueCorreioUshuaia23122016weill0006.JPG

Esse homem, na verdade um personagem, é especial por várias coisas: por ser um anarquista assumido, com seu hilário bigode; trabalhar em um dos lugares mais remotos do planeta rodeado por fotos de Che Guevara e Evita Peron; e por ser o libertário que fundou, ainda que apenas em sua imaginação, um país de 50 hectares de terra às margens do Canal de Beagle, onde vive com seus filhos.

Do alto de seus 69 anos, Delorenzo tem muita história para contar. Já foi maestro em Buenos Aires e, há duas décadas, decidiu se mudar para Ushuaia com a intenção de criar o Correo Del Fin del Mundo. Inicialmente, o escritório funcionava no meio do Canal de Beagle e ali paravam navegantes e aventureiros para dar sinal de vida e mandar correspondências. Mas com o avanço dos meios de comunicação, esse serviço perdeu utilidade e, hoje, Delorenzo atende apenas turistas que vão até ali em busca do famoso carimbo e do selo do Fim do Mundo.

Apesar da expressão carrancuda, Delorenzo abre um sorriso fácil a quem se mostra interessado por sua história. E ao perceber a nossa admiração por seus ideais libertários e seus heróis, o carteiro do fim do mundo nos presenteou com o passaporte para o seu principado! Vida longa e livre a esse homem incrível!!!

ParqueCorreioUshuaia23122016weill0013.JPG

PS: Lá no Correo Del Fin Del Mundo, enviei um postal para a Mel. Como tenho minhas dúvidas de que esse cartão chegará lá em Itaúna um dia, deixo aqui o meu recado para essa menina que nasceu em meados deste ano de 2016 para nos ensinar uma nova forma de amor!

“Mel, é preciso ter raízes bem fixadas para que um dia você crie asas e conquiste o mundo! Serei sempre o seu porto seguro e desejo que você seja uma mulher livre e aberta para desbravar novos horizontes. O mundo é seu, Mel!
E a titia te ama mais que tudo na vida!
Beijos cá do fim do mundo.
Ass: Tia Gogóia”

Anúncios

3 comentários sobre “Carteiro do fim do mundo

  1. Que mensagem mais linda, Glória! Não se preocupe se esse cartão não chegar a Itaúna. Nem quando terminam as fronteiras, como é o caso do ” fim do mundo”, ou haja grandes distâncias, nada poderá fazer a Mel se esquecer do nosso amor por ela! Que ela seja uma mulher incrível, como os exemplos que ela tem!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Reli e chorei de novo. Saudade que aperta o peito. Tia Macy sempre diz que o preço da liberdade é a solidão. Às vezes o preço é alto, mas vcs ñ podem deixar o propósito da viagem pq saudade da-se um jeito e juventude passou, acabou-se.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s