Caminhada no gelo

Definitivamente, a Patagônia não é para os fracos. Agora, ela nos desafiou com uma caminhada no gelo. É isso mesmo! Colocar grampões na bota, vestir todo o aparato de roupas de frio que estava ao nosso alcance, nos equiparmos com luvas e capacetes e fazer um trekking com três horas de duração no Glaciar Exploradores, uma das maiores belezas da Carretera Austral. A geleira fica dentro do Parque Nacional Laguna San Rafael, na cidade de Puerto Tranquilo, e nós desbravamos essa maravilha a convite da agência Huente-Có.

O desafio começa com uma caminhada de uma hora e meia sobre rochas e cascalhos de uma área que já foi ocupada pelo Glaciar Exploradores há 10.000 anos. Superada essa etapa de aproximação, é hora de explorar a geleira. Com muita cautela e profissionalismo, os guias da Huente-Có nos ajudam a calçar os grampões e dão as primeiras instruções para caminhar nessa superfície duríssima, escorregadia e completamente desconhecida para os nossos pés. Mas apesar de parecer impossível, vencemos essa missão sem nenhum tombo ou escorregão!

Andar sobre o gelo, subir e descer as encostas íngremes e entrar nas cavernas e túneis congeladas é uma experiência única! Seria mentira dizer que não dá aquele friozinho na barriga ao pensar que sob seus pés pode haver um bolsão de ar pronto a se romper a qualquer momento… Ou entrar numa caverna de gelo com milhões de gotinhas e pedrinhas se desprendendo do teto… Ainda mais quando se ouve um grande bloco de neve se desprender das paredes do glaciar e atingir as águas, num estrondo que parece uma batida de carro. Mas esse estranho medo é o tempero para tornar o passeio ainda mais incrível e inesquecível.

E ao fim de uma caminhada super cansativa, a recompensa: um lanche no meio do mais puro branco e azul que nossos olhos já viram! Maravilhoso!!!!

ExploradoresPuertoTranquilo21012017weill0543.JPG

Anúncios

2 comentários sobre “Caminhada no gelo

  1. É meus amigos Glória e Renato, quisera eu ter 1% da coragem de vocês. Tou chegando à conclusão de que vcs tem aquela loucura bacana que eleva o espírito e faz a gente mudar a concepção de vida, a concepção de mundo. Boa Viagem. Angelo Braz de Matos

    Curtir

  2. E meu coração fica aqui, do tamanho de uma azeitona. Não sou nada aventureira e gosto da segurança do chão firme e seco sob meus pés. Mas, a Glória e o Renato têm trazido essa emoção pra mim e conseguem fazer com que eu supere o medo e curta todos os momentos com eles.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s