Ojo de Agua

Por trás do vinho, um artista. O suíço Dieter Meier empresta parte da sua genialidade como músico e cineasta para produzir aqui em Mendoza um célebre vinho. A história remonta à década de 1970, quando Meier veio à Argentina com o pai em uma viagem de trabalho e ficou surpreso com o potencial dessas terras. Depois de provar um legítimo Malbec argentino, ele decidiu investir no negócio e comprar 340 hectares no coração de Luján de Cuyo, o grande polo produtor de Mendoza, fundando a Bodega Ojo de Vino.

Casa Nomade,Motorhome.

Nós fomos convidados a experimentar um Malbec da linha Puro, safra 2015, de sabor intenso graças à produção das uvas em uma região desértica, com grande amplitude térmica entre o dia e a noite, a mais de 1.000 metros de altitude e banhada pelas águas de degelo dos Andes. Delicioso!

Principalmente porque o vinho foi servido durante um incrível almoço nos jardins da vinícola, em meio às parreiras de uva, num ambiente descontraído e elegante do Restaurante Ojo de Agua. O cardápio…. Hummmm…. Preparem-se!

De entrada, empanadas de carne cortada a canivete. O prato principal foi um “ojo de bife” com batatas rústicas simplesmente maravilhoso (talvez a melhor carne que provamos nessa maratona gastronômica por Mendoza) e bondiola de porco braseada com molho de vegetais e cubos de abóbora. E para encerrar, mousse de banana, manga e maracujá com frutas vermelhas, brownie e morangos.

Anúncios

Um comentário sobre “Ojo de Agua

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s