Rosário

Prédios históricos bem conservados fazem do Centro de Rosário uma “pequena Buenos Aires”. Mas a terceira maior cidade da Argentina não vive à sombra da capital. Jamais! Ela tem vida própria e muito pulsante. O grande cartão-postal da cidade é o Rio Paraná, com suas pontes e praias sempre movimentadas. Parques e praças nas margens do rio são o paraíso de moradores, atletas e visitantes nos fins de tarde. E, à noite, Rosário, a cidade natal de Che Guevara, se transforma com bares, pubs e restaurantes bastante animados na madrugada adentro.

Rosario14092017weil051.JPG

Um bom roteiro para explorar as belezas de Rosário começa com uma caminhada pelo calçadão às margens do Rio Paraná. O ponto de partida é o Monumento A La Bandera, erguido nos anos 1950 e atualmente em obras. O azul e branco da bandeira argentina estão por todos os lados do monumento em homenagem ao General Belgrano, que teria desenhado a bandeira do país quando se hospedou em Rosário, em 1812, logo depois das batalhas da Independência.

Os tempos de ouro de Rosário, que fez fortuna com o plantio de grãos e outros produtos agrícolas no século XIX, ainda estão vivos nos imensos silos de cereais instalados às margens do Rio Paraná. Depois de anos de abandono, essas construções hoje abrigam modernos espaços, como o Museu de Arte Contemporânea de Rosário (Macro), com exposições e mostras de arte permanentes.

Rosario14092017weil100.JPG

A caminhada pela orla termina no Aquário de Rosário, uma imponente construção com muito vidro e varandas para proporcionar uma linda vista para o Rio Paraná. Lá, o destaque é o AquaBar, com boas opções de tábuas de frios, carnes argentinas (provamos uma deliciosa bondiola de porco com molho de mostardas e batata rústica) e sobremesas generosas.

A noite de Rosário merece um capítulo à parte! O arquiteto Rodrigo Pastor, depois de passar uma temporada em Dublin, presenteou a cidade com um autêntico pub irlândes: O’connell’s. Receitas próprias de cerveja elaboradas por cervejarias artesanais argentinas são o destaque da casa, dona de um riquíssimo cardápio. Provamos brochetes de porco e frango com molho barbacue e uma deliciosa torta de frango com creme brando em massa folhada. Provamos e recomendamos!

E para curtir uma boa balada, a melhor opção é o Johnny B. Good, na movimentada esquina do Boulevard Oroño com a rua Güemes. Muitas luzes, decoração moderna, música boa bem alta e ótimos coquetéis prometem não deixar ninguém dormir antes das 4h da madrugada. Não deixe de provar as deliciosas bruschettas e a suculenta costela de porco com molho de barbecue.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s