Mérida

Os termômetros marcam 42° graus. A sensação térmica ultrapassa os 50°. Mas o calor não é capaz de derreter a elegância dos moradores de Mérida e, muito menos, de tirar o pique deles para festas, bailes e encenações teatrais. A capital cultural da Península de Yucatán é uma das cidades mais vivas do mundo. Pela manhã, ruas são interditadas para lugar às bicicletas em um tour pelo elegante Paseo Montejo, com suas mansões e palácios construídos por ricos fazendeiros de sisal no fim do século 19. À tarde, orquestras embalam grupos folclóricos e pessoas comuns em animados bailes. E, à noite, a cidade se divide entre apresentações de danças típicas e espetáculos de teatro que recriam cerimônias mayas e jogos dos tempos pré-hispânicos.

E como típica representante das origens de Yucatán, Mérida também faz bonito no quesito gastronomia. No coração do Paseo Montejo, um casarão rosa-choque salta aos olhos. Colecionador de prêmios de arquitetura e de uma linda história, que guarda capítulos da vida de seu proprietário Carol Kolozs, o Rosas & Xocolate abriga, dentro de um hotel boutique e spa, um agradável restaurante. Seu intenso movimento, principalmente aos domingos, começa ainda no café da manhã, com pratos típicos e também versões internacionais servidas ao som de jazz. No almoço, um deleite. Provem o carpaccio servido com lascas de queijo grana padano e salada verde; as carnes servidas com molhos típicos, à base de chocolate e pimentas; e as sobremesas feitas com o mais nobre chocolate. E, à noite, renda-se à música ao vivo no terraço! Tudo simplesmente maravilhoso e coroado pela simpatia e hospitalidade do gerente Mauro Pay e sua equipe.

Outra pérola de Mérida é o Ch’ooj Galeria Gastronômica, onde apenas um vidro separa os clientes do chef Ricardo Vasquez e, com esse tom intimista, convida a uma viagem pela culinária gourmet mexicana. Pratos sofisticados fazem a fusão perfeita entre ingredientes locais e técnicas internacionais de preparo. Nós nos encantamos com carpaccio de carne de veado, pato ao molho de laranja e filé mignon cuidadosamente servidos com pétalas e condimentos surpreendentes. Reserve o seu jantar no Ch’ooj com antecedência, pois o restaurante funciona dentro do Ya’ax Hotel Boutique e mantém os ares de exclusividade do estabelecimento. Vale visitar o casarão do Ya’ax, que foi a casa e ateliê do pintor e escultor yucateco David Sierra e hoje preserva a atmosfera de galeria de arte em 11 quartos de luxo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s