Arches e Canyonlands

Água, gelo, vento, temperaturas extremas e camadas e mais camadas de sal no solo são os responsáveis pelo incrível cenário de rochas esculpidas no Arches National Park. Em um dia ensolarado e de céu azul, é até difícil imaginar o quão violentas podem ser essas forças da natureza. Mas, nos últimos 300 milhões de anos, elas trabalharam pesado na erosão do terreno e construíram nada menos que 2.000 arcos no coração do deserto de Utah. Ali, diante dos nossos olhos, estão arcos e pontes naturais que chegam a medir 93 metros de largura e 14 metros de altura.

Além de bonitos e impressionantes, os arcos são testemunhas de infinitas eras geológicas e estão assentados sobre o que, no passado, já foi o fundo de um grande oceano, dunas petrificadas, camas de sal, deltas de rios, bosques com pegadas de dinossauros… Tudo sedimentado em camadas por milhões de anos e hoje visíveis nos paredões de rocha. Explorar o Arches National Park é um passeio para todos os gostos e perfis. Os mais preguiçosos ou com dificuldade de locomoção conseguem ver belos arcos a partir da estrada asfaltada que serpenteia o parque, sem precisar sequer descer do carro. Também há belas atrações a poucos metros dos estacionamentos, exigindo uma caminhada de poucos minutos.

Quem tem um pouco de disposição e preparo físico não vai se arrepender de calçar uma bota e se aventurar pelo deserto para ver de perto arcos gigantescos. Os mais impressionantes (Landscape Arch, Delicate Arch e Tower Arch) requerem pelo menos quatro horas de caminhada e alguns litros de água na mochila para evitar uma desidratação sob o sol escaldante de Utah. Mas os amantes da adrenalina e que tiverem coragem para enfrentar cenários típicos do filme 127 Horas não podem deixar de percorrer a trilha do Fiery Furnace. Fendas, gretas e pouquíssima sinalização dão a sensação de que você sempre está perdido no meio das formações rochosas. Mas vale vencer o medo e a claustrofobia para explorar a região mais protegida do Arches National Park.

Uma dica para não perder tempo e ir direto nas melhores atrações é contratar a agência Moab Adventure Center. O grande guia (em todos os sentidos, com 2,05 metros de altura e 16 anos de experiência) Sam Sturman nos deu uma verdadeira aula de geologia no Arches National Park, nos levando aos pontos certeiros para boas fotos e lindas vistas da região. Para explorar bem os arredores do parque, não basta fazer um tour em um 4×4 qualquer. É preciso embarcar em um jipe Hummer da Moab Adventure Center para chegar a lugares remotos e contemplar pegadas de dinossauros, belos panoramas do Rio Colorado e, claro, sentir o frio na barriga quando as rodas do Hummer ficarem suspensas no meio de um paredão. Simplesmente incrível!

Apesar de ser a grande estrela da cidade de Moab, o Arches National Park é apenas uma das belezas do lugar. De bicicleta, percorremos a estrada cênica conhecida como Scenic Byway 128 para ver o Rio Colorado serpentear por entre os paredões de rocha e chegamos no maravilhoso Castle Valley. De moto, a aventura foi ainda mais incrível. Viajamos por 75 quilômetros por uma estrada de terra que atravessa minas de potássio – com seus lagos, tratores e ferrovias – para chegar ao Dead Horse Point, lugar onde foi filmada a mais famosa cena do filme Thelma & Louise. E, de lá, seguimos pela estreita rodovia construída em ziguezague nas paredes de rocha para visitar o Canyonlands National Park, uma paisagem repleta de cânions, mesas e picos rochosos esculpidos pela água, pelo vento e pela gravidade ao longo dos últimos 320 milhões de anos. Maravilhoso!

Anúncios

3 comentários sobre “Arches e Canyonlands

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s